sexta-feira, 20 de julho de 2007

Tu pedes-me um minuto
E eu dou-te o tempo da minha vida.
E darei eternamente
Mesmo que só em memórias
Eu esteja presente.

Não tenhas pressa
Faz o que tens a fazer
E regressa
Eu estarei sempre aqui.
Há muitas vidas que te perdi
E agora ao te reencontrar
Nunca mais te vou largar.
Vá, faz o que tens a fazer
Arranja-te a condizer
De mão dada vou-te levar
Aos jardins do Paraíso
É para lá que vamos viver
Onde o tempo do nosso querer
Tem milhões de minutos para oferecer.

Joaquim Marques

11 comentários:

Anónimo disse...

Lindíssimo Joaquim. :) Bom fim de semana.
JRL

Anónimo disse...

um só minuto da tua vida,
já vale a pena
e por um minuto só que fosse, regressaria sempre...

Anónimo disse...

''Regressaste'' com toda a sensibilidade a fazer as delícias da minha leitura... e do meu sentir...
Obrigada!...

Parabéns por este lindíssimo poema!

Isa

Joaquim Marques disse...

Brigadinho JRL. Esqueceste-te da vírgula, né?! :)

CMondim disse...

mas que bonito :)
gostei mt!

JRL disse...

:)... Tu também... Bjs

Anónimo disse...

...assobia!
E, aí estarei desde que... "o nosso" querer.
Teus picos emocionais...
Será que vale a pena "alguém" olhar em tua direcção?
E, nós gostamos do carrocel lírico,
que para nós, tão bem crias.
...assobia!

Joaquim Marques disse...

ELA:_ Olha aqui um maluco a assobiar e a passear de trela uma escova de dentes!!!

ELE:_ Vamos embora Bobi, já enganámos mais uma!

Joaquim Marques disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Amigo...anjo protector...



Difícil querer definir o Amigo. O Amigo é quem te dá um pedacinho do chão,
quando é de terra firme que tu precisas, ou um pedacinho do céu, se é
o sonho que te faz falta. O Amigo é mais que ombro amigo, é mão
estendida, mente aberta, coração pulsante, costas largas. É quem
tentou e fez, e nao tem o egoísmo de nao querer compartilhar o que
aprendeu. É aquele que cede e não espera retorno, porque sabe que o
acto de compartilhar um instante qualquer contigo já o realimenta,
satisfaz. É quem já sentiu ou um dia vai sentir o mesmo que tu. É a
compreensão para o teu cansaço e a insatisfação para a tua reticência.


É aquele que entende teu desejo de voar, de sumir devagar, a angústia
pela compreensão dos acontecimentos, a sede pelo "por vir". É ao mesmo
tempo espelho que te reflete, e óleo derramado sobre tuas águas
agitadas. É quem fica enfurecido por enxergar teu erro, querer tanto o
teu bem e saber que a perfeiçao é uma utopia. É o sol que seca tuas
lágrimas, é a polpa que adocica ainda mais teu sorriso.

Amigo é aquele que toca na tua ferida numa mesa de café, acompanha
tuas vitórias, faz piadas amenizando problemas. É quem tem medo, dores,
náuseas, cólicas, gozo, igualzinho a ti. É quem sabe que viver é ter
histórias pra contar. É quem sorri pra ti sem motivo aparente, é quem
sofre com teu sofrimento, é o padrinho filosófico dos teus filhos. É o
achar daquilo que nem sabias que buscavas.

O Amigo é aquele que te lê em cartas esperadas ou não, mensagens eletrônicas emocionadas. É aquele que te
ouve ao telefone mesmo quando a ligaçao é caótica, com o mesmo prazer
e atenção que teria se estivesse olhando em teus olhos. O Amigo é
multimídia.

Olhos... o Amigo é quem fala e ouve com o olhar, o teu e o dele em
sintonia telepática. É aquele que percebe em teus olhos teus desejos,
teus disfarces, alegria, medo. É aquele que aguarda pacientemente e se
entusiasma quando vê surgir aquele tão esperado brilho no teu olhar, e
é quem tem uma palavra sob medida quando estes mesmos olhos estão
amplificando tristeza interior. É lua nova, é a estrela mais brilhante, é luz que se renova a cada instante, com múltiplas e inesperadas cores que cabem todas na tua íris.

O Amigo é aquele que te diz "eu te amo" sem qualquer medo de má
interpretação: amigo é quem te ama "e ponto". É verdade e razão,
sonho e sentimento. O Amigo é eterno, mesmo que o sempre não exista.

Com carinho

:)

audrey disse...

Aceitas-me como sou...
Pequena,feia,imatura e romântica...
Sempre tentando e buscando nessa vida algo que seja de valor...
Sempre buscando alguém que mê de valor...
Aceitas-me como estou...
De olhar distante,de sorriso monalisa de gestos muitas vezes intolerante...
Não me cobres o que sabemos que seria impossível...
Não me tires aquilo que sei que de ti é só meu...
Não sejas exigente...e vem ,prá eu possa ser tua , tua como um pássaro...
Como uma brisa sobre esse oceano...
Os segundos para nós..são como milhões de anos...
Não vamos disperdiçar...
Porque meu sentimento é muito mais forte que o pingo da chuva na areia branca...
Não vai...fica...
Mas me deixa ir...eu volto...prometo...
Nossas vidas sempre serão nossas...
Porque o que sou,transparece nas entrelinhas da vida...
Quero ser o que ninguém pôde e conseguiu ser...
Possuo duas vidas para amar-te...
Sou fiel...na fidelidade da incerteza de ter razão...
A razão...arrazadora do romantismo...
A razão da realidade tão fatídica...
Me deixe aqui...mas só um pouquinho...
Não quero ficar sozinha...


Beijos meu gatinho...
Te adoro demais viu....!!!