quinta-feira, 14 de junho de 2007

Aos leitores

Em Março deste ano
construí um blog
nada de extraordinário...
é mais um entre milhares
mas para mim foi diferente
ter permitido desde então outros olhares
sobre mim e meus cantares
por poetas e anónimos vulgares.
Hoje pergunto-me porque continuo a alimentar
esta nova forma de publicar,
a ler e a autorizar
comentários diferentes e simpáticos
anónimos e identificados
comentários idiotas e mal educados
pois nem uns nem outros me motivam
a escrever mais e de forma diferente
sobre o que preocupa a minha mente.
Uma coisa vos digo:
não fora o permanente incentivo
da minha mana velha
há muito teria desistido
de tornar publico o meu olhar
nesta nova forma de publicar.
E querem saber porquê, não é ?
É porque eu sei que deste texto todo
a maioria só se vai concentrar
na pedra brilhante rodeada de lodo
no brilho luminoso desta centelha
querendo saber afinal quem é
a minha mana velha.

Joaquim Marques

5 comentários:

Anónimo disse...

Olá Joaquim,

O que suscitou a minha atenção foi mais "o que preocupa a minha mente", pois fois essa parte da escrita a que concedeu liberdade que mais me intrigou. Quanto à mana velha acho que ela deve achar do mano "mai" novo que se é capaz de escrever uma carta de alforria, ainda mais é de ofecer aos outros a sua alegria...
Bjs
Joana RL

Anónimo disse...

Nem todos os teus leitores se irão concentrar em querer saber, afinal, quem é a tua mana velha...

Acredito que muitos dos teus leitores gostem mesmo de te ler!... É para eles que deves continuar a publicar!

Bem haja a tua mana velha, seja ela quem for, se a ela devemos o prazer de ler os teus cantares!...

Fica aqui o meu apelo!...

Isa

Anónimo disse...

procurando novos caminhos,
tropecei sem querer na tua poesia, e em ti, continua a escrever
cla

cla disse...

é bem verdade, está mesmo no início
puder conhecê-lo a si, lendo-o
foi também para mim um incentivo
construi-lo é uma descoberta
quase encontrar uma alma nova....
cláudia

juliane disse...

Sua pedra pode ter sido responsável pelo incentivo...
Mas tem sido você quem tem dado alegria ao nossos olhos...
Tem nos tirado suspiros...
Tem nos feito pensar...
Bendita pedra...abençoada seja...que ela sempre esteja no seu caminho...que você tropece nela denovo...e tenha outra maravilhosa idéia que o torne mais especial do que já é....meu adorável poeta...
Adoro você...meu gato amigo...
Beijos