domingo, 22 de abril de 2007

Suspiros
Suspiros de fugida
Suspiros de saída
Das emoções mais recônditas
Que preocupam o sentimento
De quem pensa

Para além daquilo que queria


Joaquim Marques

5 comentários:

Anónimo disse...

Emoções profundas...
Escondidas...
Caladas...
Ignoradas...

Emoções sadias...
Quando vividas...
Sem medo...
Sem suspiros...

Isa

pirritantes disse...

Visitem:

http://portugueses-irritantes.blogspot.com/

e ajudem a eleger aquele que será considerado como o mais irritante de todos os portugueses pelos seus próprios compatriotas.

PARTICIPA!

Anónimo disse...

...alguns, optam por olhar para dentro!

Poeta, tu tens uma forma elegante de permuta!

É um prazer... beber cada pedacinho!

:)

Audrey disse...

Demonstrar o que sentimos não é prá todo mundo...
As emoções nos fazem lembrar que somos humanos...
Mas nem sempre somos humanos para expressar...

Te adoro menino

luzinha disse...

E quando teus negros olhos,
embriagados de desejos,
criam asas e ganham distâncias
só para me provocar

E teus intensos sorrisos, chispas coloridas,
viajam por trilhas marítimas
só para me encontrar

E quando tuas insistentes mãos
navegam por mares
até no cais dos meus anseios aportar

E descobre a minha tela em branco
que espera as cores do teu querer
só para me revelar

E quando o lume da tua alma
Rompe as barreiras do espaço-tempo
incendeia a minha e o corpo só para amar

São sonhos , sortilégios e simbiose
Outra dimensão, vôos e ilusão
Afeto, reencontro e devoção