terça-feira, 3 de abril de 2007

Em dias como este,
nocturnas passagens pela Terra...
como ia dizendo...
(desculpe, mas já não sei o que ia a dizer)

Pensando bem,
e eu que digo que não gosto
de pensar bem
quando mal penso no
acto de pensar.
Pensando bem,
(agora estou a ser vulgar)
Pensando bem,
para deixar de ser vulgar
vou ter que estudar
muitos mais dias
que aqueles que vou existir.
E é em dias como este,
e como o de amanhã
que é feriado,
que preciso de estudar muito,
todo o muito que não sei estudar,
porque hoje em dia estudar
não é vulgar, mas é vulgar
ser-se inteligente estudando.
E eu preciso de estudar
aquilo que já foi estudado
para ficar estúpido e bruto,
pois ser estúpido e bruto
não é vulgar
e é a estudar que se fica
estúpido e bruto.
E eu não gosto de ser vulgar!

Pronto
foi assim que acordei,
foi quando a nuvem
deu lugar ao sol
nesta tarde –minha nocturna passagem pela Terra.



Joaquim Marques

1 comentário:

AUDREY disse...

Os valores inverteram-se...
O que presta..não presta..
O que não presta...presta....
E como agir?
Penso que devemos agir pelo que acreditamos....
E se alguém criticar não dê valor.
Afinal...
Bjs