quinta-feira, 22 de março de 2007

Rodo em torno de mim
Com a percepção sensível
Do fluxo interno
Que brota do meu cérebro

Rodo a loucura
Que transparece
No tempo que vivo e penso
Revivendo a roda
Do meu viver.

E rodo contínuo
A roda que não tenho
Com a minha cabeça à roda
Rodando sobre o eixo
Do meu pensamento.

Penso sempre a rodar
As rodas que dou
Nesta vida a girar
Rodando sem cessar
Nos círculos que descuro
Com a ideia fixa
Numa roda sem fim.
Penso em contínuo rodar
Da loucura que se me apodera
Na roda violenta
Que invento parado.
E a ideia…
A ideia parada rodando em mim
Subsiste no pensamento
De que rodar é fixo,
Fixando em ficção
O pensamento incrustado
À roda desta ideia.

Então rodo sempre
A ideia que não pára
Na roda infinita da imaginação,
Intrínseca do pensamento:
Rodado e meu,
Nesta roda rotativa que invento.



Joaquim Marques

1 comentário:

Audrey disse...

A retropectiva,... a introspectiva.....
Há pessoas que fazem retrospectivas,há pessoas que ficam introspectivas....
A retrospectiva pode nos levar a uma introspecção....
E nos revelar o ser humanos que fomos...
A introspecção nos mostra o que somos e como chegamos....
Nos ajuda a refletir o que devemos melhorar...ou o que melhoramos...
Então nessa roda,nesse círculo....sempre tentamos fugir do óbvio,complicamos os resultados,desfazemos nossos destinos...será que existe destino?
O acaso...toma conta...quando estamos distraídos....( e se nos proteger)....
Quero um dia poder chegar no mesmo ponto mas diferente de como eu saí...
Quero estar sem prantos,sem cansaços,com amores, sem dissabores,sem problemas,sem rancor,sem ódio.
Quero me encontrar ...
Quero te encontrar...
Quero ser encontrada....
Quero que nos encontremos...
Eu quero é ser feliz....