quinta-feira, 15 de março de 2007

Os cortinados com
Listas verticais
Dão uma sensação de altura.
Mas os cortinados com
Listas horizontais
Diminuem a sensação
Normal de uma pessoa
Sensata num quarto normal
Eu não gosto de camisas
Às listas, porque
Não tenho sensações normais
Neste mundo que não é sensato,
Neste mundo que é
Plano e achado
E é numa bola azul
Com 12 700 Km de diâmetro
E não é nada
Visto de Neptuno.



Joaquim Marques

2 comentários:

Anónimo disse...

Um estilo é um certa maneira de tratar as situações, que identifico ou compreendo em um individuo ou em um poeta retomando-a por minha própria conta, mesmo se não estou em condições de defini-la, e cuja definição, por mais correcta que possa ser, nunca fornece seu equivalente exacto e só tem interesse para aqueles que dela já tem a experiência. Experimento a unidade do mundo como reconheço um estilo. Mais ainda, o estilo de uma pessoa, não permanece constante para mim. Após cinco anos de amizade, e mesmo sem constatar mudanças da idade, após cinco anos de residência em outro bairro parece-me que lido com outra pessoa. Ao contrário, é apenas o conhecimento das coisas que varia. Quase insignificante em meu primeiro olhar, ele se transforma pelo desenvolvimento da percepção. O próprio mundo permanece o mesmo através de toda a minha vida porque ele é justamente o ser permanente no interior do qual eu opero todas as correcções do conhecimento, que não é atingido por elas em sua unidade, e cuja evidência polariza, através da aparência e do erro, meu movimento em direcção à verdade.
Humildemente,
:)

AUDREY disse...

Além do horizonte deve ter...
algum lugar bonito para se viver em paz...

Te adoro..

Bjs