quinta-feira, 15 de março de 2007

… Assim foi
(…)
Foi assim no outro dia
Foi como não era
E a verdade veio fria
Veio e derreteu-se a cera.

Depois chorei lágrimas
E inundei-me de dor
E quis criar em mim
A garra firme do açor.

E Deus a quem apelo
E Tu Senhor que amo
Prefere-me no teu zelo
À vida do velho gamo.

Pois foi assim no outro dia.
Esqueci, esqueço e penso
E quero ser a pradaria
Onde reina o bom senso.
(…)
… Assim quero ser.



Joaquim Marques

2 comentários:

Anónimo disse...

Retomas a sensação,
Fazes dela tão próxima,
Que ela te ensina
A viva relação
De teu corpo com o mundo.
Inserida em tua conduta está a Sensação,
Excitação sensorial no tônus Muscular.
Quem dera poder consolar!
Cada lágrima ...
"O que me dói não é
O que há no coração
Mas essas coisas lindas
Que nunca existirão..." FP
As almas tristes
até no prazer choram.
O Senhor e os anjos te carregam!
Lindo (...) o que és, o que queres ser e sempre serás!
:)

AUDREY disse...

Hoje chorei...
Chorei por uma sensação tão medíocre de rejeição...
Talvez...por uma maldição...
Talvez pela solidão...
Talvez pela falta de esperança...
Pela certeza que não queria ter...de que um ser humano pode ser tão mesquinho...tão egoísta...a ponto de ser ruim... a ponto de destruir o pouco de respeito que poderia ter por ele...
Não vou mais chorar....não por ele...
Quero chorar....mas por mim...
Eu mereço....
Te adoro meu gatinho...