quinta-feira, 29 de março de 2007

As palavras só me saem
Quando têm de sair
Portanto quando as forço
É melhor desistir
E assim sendo terminar
Com um risco acentuado
A veleidade de encontrar
A ideia principal
Das palavras e dos versos
Que te façam
Aquele poema original.



Joaquim Marques

1 comentário:

Audrey disse...

Há momentos em que as palavras não resolvem
Mas um gesto fala mais alto...
Se as pessoas soubessem disso ....
Falavam menos e faziam mais...
Beijos meu gatinho